Series Famosos

As últimas notícias sobre Series Famosos.

Series Famosos. Foto do site da O TV Foco que mostra Destaque na TV paga, série de Cláudia Abreu é vendida para três países

Destaque na TV paga, série de Cláudia Abreu é vendida para três países

O TV Foco

Brasileiro integra elenco de nova série mexicana nos mesmos moldes de Rebelde

TV Foco Flávio Nogueira estará na série Like, da Televisa. (Foto: Paulo Pacheco/UOL) Pedro Damián está mesmo disposto a repetir o sucesso alcançado pela novela Rebelde e pelo grupo musical RBD, oriundo do folhetim

O TV Foco
Series Famosos. Foto do site da O TV Foco que mostra Rita Cadillac recebe convite para viver cigana em série: “É um desafio total”

Rita Cadillac recebe convite para viver cigana em série: “É um desafio total”

O TV Foco

24 séries envolvidas em escândalos de assédio sexual

Tenho acompanhado de perto as denúncias e escândalos que tem surgido em Hollywood desde que o movimento #MeToo foi criado, depois de todos os escândalos que envolveram Harvey Weinstein. "Eu também", a hashtag que movimentou o mundo.Divulgação É uma situação bem delicada e que tem crescido, surgido cada vez mais declarações e acusações, que tem mudado o destino de grandes séries que temos acompanhado. Claro, em nenhum momento a série é mais importante do que essas acusações, obviamente a vida real é mais séria e deve ser levado a sério, independente da ficção. Mas de qualquer forma, me chamou atenção a quantidade de séries que foram impactadas com essas denúncias. Principalmente depois dessa semana, em que Jeffrey Tambor foi demitido de Transparent, a série da Amazon que rendeu muitos prêmios para todos envolvidos e que tratava de um assunto tão importante como a identidade de gênero. Como são muitos e muitos casos, decidi reunir os que impactaram o mundo da TV e como está a situação da série depois disso: Jeffrey Tambor - Transparent e Arrested Development Jeffrey Tambor em Transparent .Divulgação Tambor foi acusado de assédio sexual pela co-star Trace Lysette, a ex-assistente Van Jones e a maquiadora Tamara Delbridge. No começo, ele mesmo divulgou que não imaginaria como continuar na série, apesar do seu agente ter declarado que ele não iria sair. A Amazon fez suas investigações e demitiu o ator nessa última quinta-feira (15). Logo em seguida, ele fez uma declaração se defendendo e acusando os estúdios e a criadora Jill Soloway por serem injustos e levianos. Com relação a Arrested Development, a Netflix não se pronunciou, até porque a nova temporada já está gravada e completa. Só não se sabe se eles irão cortar ou não o personagem de Tambor, que também é importantíssimo para a série. Kevin Spacey – House of Cards Kevin Spacey em House of Cards .Divulgação A próxima temporada de House of Cards já tinha sido declarada como a última da série, durante o surgimento das acusações. Mas nada tinha sido dito sobre a continuação ou não do ator, que é a figura central da série. Como as acusações de assédio vindas do ator Anthony Rapp (quando ele tinha apenas 14 anos) abriram espaço para mais oito acusações da equipe de House of Cards, a Netflix decidiu demitir Spacey e deixar somente Robin Wright na série. Danny Masterson - The Ranch Danny Masterson em The Ranch .Divulgação Quatro mulheres acusaram o ator de estupro, na época do começo dos anos 2000. A Netflix só demitiu o ator e produtor depois que uma das mulheres confrontou um executivo porque eram acusações de mulheres (dado que a demissão de Spacey foi bem mais rápida e envolvia homens). Masterson foi demitido e será excluído da série, que tem Ashton Kutcher, quando as produções voltarem. Ele aparece nos 10 episódios da 2a temporada que estreou em dezembro (porque já estava gravado) e nos 10 episódios da 3a temporada também, já que estava tudo fechado. Depois, ele será escrito para fora da trama. Andrew Kreisberg – The Flash e Supergirl Andrew Kreisberg, ex-produtor executivo de Flash e Supergirl .Divulgação Depois que 15 mulheres e homens denunciaram por assédio sexual, o produtor executivo Andrew Kreisberg foi demitido pela CW. Kreisberg será substituído pelo criador das séries, Greg Berlanti, temporariamente, já que eles decidiram colocar Todd Helbing para cuidar de The Flash e Robert Rovner e Jessica Queller para seguir com Supergirl. As séries não devem sofrer muitos impactos, já que Berlanti estará mais envolvido nessa transição. Louis C.K. - Louie, Better Things, Baskets, One Mississippi, The Cops e Especial da Netflix Louis C.K. em Louie .Divulgação Além de ser o protagonista de Louie, C.K. era também o produtor de várias séries que foram impactadas depois das alegações de assédio sexual contra o comediante. Ele aceitou a responsabilidade e a FX demitiu ele da série Louie, além de cortar as relações com ele em Better Things. Louie foi cancelada e Better Things irá continuar com Pamela Adlon sem a produtora de C.K.. Além dessas séries, Louis também era produtor de Baskets, a série com Zach Galifianakis sobre palhaços de rodeio, que irá continuar sem Louis como produtor. Já as demais séries que a empresa dele estava envolvida, devem ser canceladas, isso inclui One Mississippi, série da Amazon, The Cops, animação da TBS e o especial da Netflix de stand-up que especulava-se uma segunda temporada. Jeremy Piven - Wisdom of the Crowd Jeremy Piven como Jeffrey Tanner em Wisdom of the Crowd .Divulgação Jeremy Piven foi acusado de assédio e compartamento predatório por pelo menos, duas atrizes, Ariane Bellamar e Cassidy Freeman. Essas acusações junto com a baixa audiência da série foram os motivos suficientes para CBS decidir não continuar com a produção, que não chegou nem mesmo a ter uma temporada completa. Matthew Weiner - The Romanoffs Matt Weiner, criador de Mad Men e The Romanoffs .Divulgação A Amazon fez uma parceria com a Weinstein Co., a empresa de Harvey Weinstein, mesmo depois das acusações que surgiram contra o ele. Além disso, Matthew Weiner, o criador da série, também foi acusado de assédio sexual, pela roteirista de Mad Men, Kate Gordon. Apesar da acusação, The Romanoffs continua em produção com Weiner e terá participações especiais como os atores de Mad Men, Christina Hendricks e John Slattery. A empresa de Weinstein foi removida dos créditos, mas Weiner continua na série. Russell Simmons - All Def Comedy Russell Simmons.Divulgação A comédia da HBO removeu o produtor dos créditos depois que várias mulheres terem o acusado de assédio sexual. Uma delas, contou ao L.A. Times, que o produtor e comediante a forçou a fazer sexo oral nele enquanto o diretor Brett Retner assistia. A HBO decidiu continuar com a série removendo não só a participação de Simmons como o nome dele e da produtora dele dos créditos. Chris Savino - The Loud House Chris Savino no painel de The Loud House no TVfest em 2016.Divulgação Depois de mais de doze mulheres terem acusado o criador da animação da Nickelodeon de assédio sexual, o canal o demitiu. A terceira temporada da série continuará em 2018 mas sem a participação de Savino e sua empresa de produção. Mark Schwahn - The Royals Mark Schwahn em One Tree Hill , em cena com Hilarie Burton.Divulgação Várias dessas acusações me chocaram porque a gente nunca imagina que essas pessoas tem esses comportamentos tóxicos, mas aí é um ótimo lembrete de que a gente realmente não as conhece. Mark era o criador de One Tree Hill e apareceu na série algumas vezes. Eu tinha assistido várias entrevistas com ele e fiquei chocada quando as atrizes se pronunciaram alegando um comportamento predatório. Hilarie Burton, a Peyton, expôs o criador da série que a tornou famosa. Burton é casada com Jeffrey Dean Morgan, o Negan de The Walking Dead, que já comentou sobre o assunto também. Além de Burton, várias atrizes se pronunciaram contra o ator, além de pessoas da equipe de The Royals. Mark Schwahn foi suspenso, não demitido, da série do canal E!, que está na 4a temporada. Ed Westwick - Ordeal By Innocence e White Gold Ed Westwick, em White Gold .Divulgação A BBC decidiu não seguir com o especial Ordeal By Innocence, baseado na obra de Agatha Christie, depois que duas mulheres acusaram o ator Ed Westwick de assédio sexual e estupro. A série tinha sido comprada pela Amazon para distribuição internacional e eles ainda não comentaram se irão seguir ou não com o especial. Além disso, o ator estrelava outra série britânica, White Gold, que foi suspensa depois das acusações e que está em exibição na Netflix. Ed ficou mundialmente conhecido por interpretar Chuck Bass, em Gossip Girl. Aziz Ansari - Master of None Aziz Ansari usando o broche do Time’s Up durante o Globo de Ouro 2018Getty Images Essa é uma das acusações mais estranhas, na minha opinião. No meu ponto de vista, foi apenas um encontro ruim, mas que manchou a reputação do comediante. De todas as acusações, essa não teve real impacto (ainda) na série, somente muita discussão e uma certa reclusão do ator. Harvey Weinstein na TV Harvey Weinstein é um dos produtores mais poderosos de HollywoodGetty Images Weinstein virou o sinônimo de assédio sexual. As histórias não param e são cada vez mais assustadoras. Eu, como mulher, fico horrorizada e agoniada ao ler esses relatos, porque também tive alguns muitos momentos difíceis e complicados assim na minha carreira e vida pessoal. Weinstein tinha uma produtora que estava envolvida em diversas séries que removeram o nome dele dos créditos: Project Runway, Six, Waco, Yellowstone são séries que já estavam em andamento e continuam sem a produtora. Já um projeto sem nome de David O. Russell, que custaria US$ 160 milhões, com Julianne Moore, foi cancelado pela Amazon. Essas acusações impactam a sua relação com as séries? Vocês continuam assistindo ou param? Quero muito saber a opinião de vocês! Vem conversar comigo sobre séries no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi | TV Showtime priharumi

Capricho
Series Famosos. Foto do site da Entretenimento R7 que mostra Kerry Washington revela como Oprah Winfrey começou a assistir Scandal. Descubra as séries preferidas dos famosos!

Kerry Washington revela como Oprah Winfrey começou a assistir Scandal. Descubra as séries preferidas dos famosos!

Entretenimento R7

7 séries para maratonar na Netflix e fugir do Carnaval

Reprodução Se você é aquela pessoa que só comemora o Carnaval por causa do feriado prolongado, este post foi feito pra você! Enquanto a galera se joga na folia, dá pra juntar as amigas, fazer pipoca e aproveitar os dias de folga para colocar as séries em dia. Pra isso, separamos sete opções (afinal, são apenas quatro dias, né?) de produções que estão na Netflix e, por enquanto, só possuem uma temporada. Veja também Famosos As primeiras séries que os brasileiros maratonam na Netflix 7 fev 2018 - 12h02 Famosos 13 filmes e séries que estreiam na Netflix em fevereiro de 2018 25 jan 2018 - 17h01 Famosos Riverdale já tem data para entrar no catálogo da Netflix 18 jan 2018 - 18h01 Tem série de herói, suspense, comédia adolescente e até terror em alemão. Divirta-se: La Casa de Papel A série espanhola por enquanto tem apenas 13 episódios, mas eles são tão viciantes que você não vai conseguir parar de ver. A trama mostra um assalto à Casa da Moeda da Espanha, arquitetado pelo misterioso El Profesor, que recruta oito bandidos com diferentes habilidades. The Sinner Estrelada por Jessica Biel, a minissérie de oito episódios é baseada no romance de mesmo nome de Petra Hammesfahr. Ela investiga o passado misterioso de Cora Tannetti (Biel), uma jovem mãe que do nada tem um surto e comete um assassinato. A partir desse crime, o detetive Harry Ambrose (Bill Pullman) entra em cena para tentar entender o que a motivou a fazer isso. The End of The F***ing World Baseada nos quadrinhos The End of the Fucking World, de Charles S. Forsman, a série de oito episódios passou primeiro no Channel 4 e All 4, no Reino Unido, antes de estrear na Netflix. Com humor negro, ela mostra a saga de James (Alex Lawther) e Alyssa (Jessica Barden), dois adolescentes que fogem de suas famílias e se envolvem em situações bem surreais, pra não dar nenhum spoiler. Mindhunter Mindhunter é uma série de drama policial criada por Joe Penhall, e baseada no livro Mind Hunter: Inside the FBI’s Elite Serial Crime Unit, de John E. Douglas e Mark Olshaker. Ela se passa em 1977, e vai mostrar os primeiros passos da psicologia criminal dentro do FBI, tendo os agentes Holden Ford (Jonathan Groff) e Bill Tench (Holt McCallany) como protagonistas. Eles entrevistam serial killers famosos para tentar entender seus comportamentos e mentes crimonosas. Dark Produzida pela Alemanha, Dark é a primeira série de terror estrangeira produzida pela Netflix. Na trama, uma criança desaparecida une quatro famílias em busca de respostas. Conforme as investigações andam, muitos outros segredos e mistérios da pequena cidade em que vivem acabam vindo à tona. Jessica Jones A segunda temporada de Jessica Jones estreia na Netflix no dia 8 de março, então, se você ainda não se rendeu ao poder da detetive interpretada por Krysten Ritter, a sua hora é agora. Ainda mais que a primeira temporada da série da Marvel traz um dos melhores vilões da TV, Kilgrave, interpretado por David Tennant. Atypical Você com certeza vai se emocionar com a história de Sam (Kier Gilchrist), um garoto de 18 anos com Síndrome de Asperger, dentro do espectro autista. Motivado por sua psicóloga, ele decide procurar uma namorada. A primeira temporada tem oito episódios.

Capricho
Series Famosos. Foto do site da Capricho que mostra As primeiras séries que os brasileiros maratonam na Netflix

As primeiras séries que os brasileiros maratonam na Netflix

Capricho

Louca Por Séries: 7 séries imperdíveis que estão na Prime Video

Existe vida além da Netflix! Eu sei, eu sei, a Netflix tem séries incríveis (alguém aqui já assistiu The End of F***king World?) e eu não cancelaria minha assinatura por nada, mesmo com os pequenos aumentos de preço que foram acontecendo ao longo dos anos. Divulgação Claro, estou esperando ansiosamente pelo concorrente que a Disney diz que irá trazer para o mundo, mas lá nos EUA, a Netflix encara uma certa competição com a Amazon e o Hulu. Muito chamou minha atenção que nesse último Globo de Ouro, a Amazon e o Hulu levaram os prêmios principais (Amazon em comédia e Hulu em drama). Quem, eu?Divulgação Infelizmente, nem sinal de quando o Hulu deve chegar por aqui, mas a Amazon chegou faz quase um ano e apesar de ter um catálogo bem menor e alguns problemas como séries incompletas e alguns conteúdos não traduzidos ou sem legenda, o serviço da Prime Video tem melhorado aos poucos e já tem algumas das melhores séries da TV. A mensalidade é bem barata e vale experimentar nem que seja no primeiro mês grátis. Além deles estarem para estrear a série do John Krasinski (o Jim de The Office) em breve e eu mal posso esperar. Então, aqui algumas das minhas sugestões: 1) The Marvelous Mrs. Maisel Divulgação Bom, nem preciso falar mais ainda sobre essa série, né? Ela é divertida, inteligente, tem uma mensagem feminista poderosíssima e super original. Além de ser criação da maravilhosa Amy Sherman-Palladino. Mas se quiser mais motivos ainda, leia a minha coluna sobre ela aqui. 2) The Night Manager Divulgação Fiquei sabendo recentemente que essa série está passando nas madrugadas da Globo e sério, lembrei dos meus tempos em que tinha que esperar para assistir em determinado horário, canal e dia. Além de ficar agoniada com as reprises, quando estava bem durante um cliffhanger. Se você estiver ansiosa e assistindo pela Globo, saiba que a temporada completa está na Amazon. Pra quem ainda não está assistindo, é uma série com Tom Hiddleston (o Loki de Os Vingadores) e o Hugh Laurie (o Dr. House) no elenco, em uma ação inteligente e que vai te prender a cada cena, mesmo. 3) Sneaky Pete to Esbarrei nessa série sem querer, porque adoro o Giovanni Ribisi (o irmão da Phoebe em Friends) e a Margo Martindale (de The Americans). Mas fiquei fascinada e assisti a série inteira em uma sentada apenas. Ela tem uma vibe muito parecida com a de The Americans, porque tem roteiristas em comum. E o mais fascinate ainda é que a série é criação de David Shore (criador de House e The Good Doctor) e Bryan Cranston (o eterno Walter White de Breaking Bad). Ele faz uma participação sensacional na série, conseguindo deixar você sem respirar. 4) The Man in the High Castle Divulgação Estou fazendo minha maratona dessa série no momento. A trama é fantástica: o que aconteceria se Hitler tivesse ganhado a guerra? Como seria os EUA e o mundo? Como seria a sociedade? Ela se passa nos anos 60 e mostra um mundo dividido entre o Japão e a Alemanha. Para quem ama História, como eu, é um prato cheio. Além de ter todo um lado misterioso que parece ser viagem no tempo ou dimensões paralelas. Enfim, estou amando e acredito que vocês também iriam amar. 5) Z The Beginning of Everything Essa é minha vida e eu vou amar cada minuto dela.Divulgação Falando em História, eu amo séries biográficas. Tanto da família Real britânica quanto de personalidades do mundo. Essa série tem a incrível Christina Ricci no papel de Zelda Fitzgerald, a impulsiva e divertida esposa do autor F. Scott Fitzgerald (que escreveu The Great Gatsby), antes dele se tornar famoso pelos seus livros. A série se passa nos anos 1920 e mostra as tensões do casamento dessa duas figuras famosas do mundo literário, em uma história que mistura realidade e ficção, dando destaque para a figura forte e determinada que foi Zelda. 6) Fleabag Phoebe Waller-Bridge, criadora e protagonista da série.Divulgação Essa série é poética! Uma produção britânica, estrelada e criada por Phoebe Waller-Bridge, que mostra uma mulher moderna vivendo em Londres. Ela quebra a quarta parede (fala com a camera) diversas vezes, trazendo a gente para o mundo dela de uma forma cômica, divertida e um pouco triste também. Espero de verdade que tenha uma segunda temporada em breve. 7) This is Us - Você é emotiva. - Não sou emotiva.Divulgação Claro que eu precisava falar dessa lindeza aqui hoje. Isso porque vai ao ar nos EUA, teoricamente o episódio que vai me fazer chorar feito um bebê. Se você não leu minha última coluna, vale dar uma olhada aqui. Enquanto todo mundo está ansioso para o Superbowl, eu mal posso esperar acabar para assistir o que aconteceu com o Jack. Ou não assistir, porque não sei se meu coração vai aguentar. Então se você ainda não entrou nesse mundo mágico dos Pearson, faça-se um favor e esteja atualizada com a primeira temporada, que está na Prime Video, para vir sofrer comigo. Sério, vem me dar um oi e conversar comigo sobre séries no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi | TV Showtime priharumi e ah, criei um Tumblr para falar de séries todos os dias: Vida em Séries (alguém ainda usa o Tumblr?).

Capricho
Series Famosos. Foto do site da O TV Foco que mostra De volta à Globo, Moacyr Franco posa ao lado de Klebber Toledo nos bastidores de série: “Eufóricos”

De volta à Globo, Moacyr Franco posa ao lado de Klebber Toledo nos bastidores de série: “Eufóricos”

O TV Foco

Louca Por Séries: 8 momentos da TV para chorar loucamente

Ok, se você ainda é uma das poucas que ainda não se renderam a This is Us, eu espero enquanto você assiste a pelo menos o primeiro episódio (tem na Amazon Prime Video e na Fox Play)... Divulgação Enquanto isso, vou contar algumas das coisas que passaram pela minha cabeça enquanto assisti TV nessa semana e quero ver se você consegue adivinhar que séries eu estava assistindo. (Não vale trapacear vendo no TVShowtime) - Por que a Rainha anda com uma bolsa? - Quantos filhos tiveram Victoria e Albert? - Por onde andam os jovens que participaram da Juventude Hitler? - Nathaniel está realmente conseguindo suprir a falta de Greg? - Essa série perdeu a graça e a força, deveria ter parado há uns 2 anos. - Como eles treinam para essa série? - Como foi o episódio de bitcoin mesmo? Uau! Faz tudo isso de tempo e eles estavam certos? Ah meu Deus, eu preciso de ajuda.Divulgação Ok, já deu tempo para ficar completamente apaixonada por This is Us e também perceber o quanto minha cabeça vai longe enquanto assisto TV. Mas como nessa semana, até os apresentadores de talk show falaram sobre o fatídico episódio, decidi falar também e expor a ferida que está recente. - Você é emotiva. - Não sou emotiva.Divulgação Já deu pra perceber que vai rolar uns spoilers por aqui, certo? Então se você realmente só assistiu ao primeiro episódio, volta quando tiver atualizada, porque boa parte da série é o suspense e o plot twist que chuta a nossa cara. Divulgação Eu não estou pronta para ver o Jack morrer. Eu já criei diversas alternativas e explicações na minha cabeça maluca (como visto acima), mas a verdade é dura e crua: Jack Pearson morreu e não participou de alguns dos momentos mais importantes da vida dos seus filhos. Eu nem consigo escrever isso sem chorar. Pior é que nem tenho coragem pra continuar e assistir ao próximo episódio, que vai mostrar de fato tudo aquilo que a gente não precisa ver. Divulgação Como estou com isso na cabeça desde que assisti ao último episódio, decidi cutucar ainda mais a ferida para lembrar que eu já passei por isso antes – e sobrevivi! Sim, eu já sofri e chorei loucamente, mais do que um ser humano deveria, com séries de TV. Então, vamos relembrar esses momentos para tentar “amenizar” a dor do que será inevitável: o próximo episódio de This is Us. 1) Grey’s Anatomy Divulgação Vamos ser sinceras? Se eu sobrevivi a nove temporadas de Grey’s Anatomy, talvez eu consiga sobreviver a mais um episódio de This is Us... Eu falo nove temporadas porque foi tudo o que eu aguentei de verdade e até hoje, não tive coragem de assistir ao episódio do Derek. Por que eu faria isso comigo mesma? Chorei com a Izzie deitada ao lado do Denny morto, chorei com o O’Malley encontrando a Izzie no elevador no que eu imagino seja o céu, chorei com a Meredith e sua depressão, chorei com a Lexie constatando que o Mark tinha seguido em frente em um completo desespero no banheiro, chorei com o tiroteio, mas acho que a gota d’água (no pun intended) foi com a morte do Mark. Não sei porque, mas aquele final, como tudo aconteceu, me destruiu de uma forma que eu não conseguia respirar. Sério. Medo. 2) Will Gardner em The Good Wife Divulgação Essa morte fez com que eu ligasse para a minha terapeuta. Acabei de perceber que essa lista é inteira sobre mortes. Sim, mortes são assustadoras, mas não existe nada mais humano do que morrer. E pior, morre do jeito que o Will morreu, foi tão verdadeiro, tão realista, tão sem sentido, que me destruiu de verdade. Acho que foi a morte mais verdadeira em uma série de TV e até hoje eu lembro de cada detalhe. Ah, mas falo com menos dor no coração, como falei sobre os estágios do luto em outra coluna aqui. 3) Discurso do Matt em Friday Night Lights Divulgação Falando em vida como ela é, essa foi uma das séries mais delicadas que assisti. O episódio da morte do pai do Matt foi especial, não pela morte em si (porque a gente nem conhecia o pai dele direito), mas como afetou os que ficaram pra trás - principalmente o Matt. Ver alguém que você ama sofrer, por algo tão complicado quanto o luto, é bem doloroso. A forma como o coach Taylor lidou com a dor do Matt foi linda. Palavras eram desnecessárias, somente a presença dele ali do lado do Matt era o suficiente. E aquele discurso bebado dele no campo com os amigos? Nossa, de arrancar o coração. 4) O funeral do Richard no revival de Gilmore Girls Divulgação Gilmore Girls tentou não focar tanto no exato momento da morte do Richard, mas sim, no que aconteceu com a Emily, principalmente, depois desse momento marcante. Eu chorei o revival inteiro. Pronto, não foi só no momento do funeral. Mas lembro de um momento único que aconteceu durante o ATX, no painel do reunion/reencontro, quando a Amy mostrou um vídeo que fez especial para Ed Herrmann, o eterno Richard. Acho que foi único, só pra gente que estava lá. Lembro de pensar: não chora, pra não perder nada. Aí comecei a chorar e pensei, olha para a Amy, Lauren, Kelly e Alexis, elas não vão estar.... pronto, chorei feito um bebê quando vi elas chorarem também. Emoção pura e verdadeira. 5) A música da Rachel pro Finn em Glee Divulgação Uma das minhas músicas favoritas da Adele, mas que virou a música da Rachel para o Finn. Esse episódio é especial porque não só cada personagem mostra como estava se sentindo com a morte do Finn, mas cada ator estava visivelmente abalado com a morte do Cory Monteith. A Lea Michele estava realmente entregue e é impossível dizer o quanto ela ou Rachel estavam cantando essa música. Choro toda vez que vejo esse vídeo. 6) O triste fim de Tara e Jax em SoA Divulgação O som do choro do Jax é algo que eu já vi na vida real. A dor real de perder alguém que você ama é ensurdecedor. Fiquei destruída com a morte da Tara, apesar de ter lido sem querer em um spoiler que não pretendia tomar. Mas o Jax encontrando o corpo dela, daquele jeito, naquela brutalidade, depois de decidir se sacrificar para que ela e os filhos tivessem uma chance de uma vida normal. Uau! Até hoje, eu fico mal com essa cena e aquela música, que nunca encontrei no Spotify. As músicas de SoA são de arrancar o coração. 7) This is (not fair) Us Divulgação Eu devo ter chorado em absolutamente todo episódio. E olha, eu disse que a lista era somente de mortes, mas chorei tanto com essa série por momentos de alegria. A cena do Randall nas costas do Jack no karate foi extremamente poderosa. Vários momentos de puro amor e alegria foram balanceados com as cenas de total dor quando lembramos que o Jack morre. O pior é que fizemos o personagem ser tão perfeito, tão surreal, tão impecável que é ainda mais devastador lembrar que ele morre. A beleza dessa série é mostrar a vida simples e comum, como ela é. Com momentos de felicidade e dor, risadas e choro. A vida segue em frente e a gente precisa seguir também. PS: sim, eu fiquei com raiva da panela, mas BEM mais do velhinho que deu a panela zuada para eles! Quem dá um presente que é um risco desses? Boy oh boy... Tenho a impressão de que ninguém tem lido essa mensagem final. Então se você leu, deixa um “oi” nos comentários ou no Instagram @priharumi | Twitter @priharumi | TV Showtime priharumi

Capricho

13 filmes e séries que estreiam na Netflix em fevereiro de 2018

CAPRICHO A Netflix reservou algumas estreias especiais para o mês de fevereiro. Pra quem não curte muito o Carnaval, existem boas opções para ficar bem de boas em casa curtindo filmes e maratonando séries. Séries originais como Altered Carbon e Everything Sucks! são os destaques do mês, assim como a primeira temporada de Riverdale , que finalmente estará disponível aqui no Brasil. Veja também Famosos 21 filmes e séries que vão deixar a Netflix em fevereiro de 2018 20 jan 2018 - 19h01 Famosos Bright 2 é confirmado pela Netflix; Will Smith segue no elenco 3 jan 2018 - 18h01 Famosos 12 filmes para assistir na Netflix de acordo com seu signo 31 dez 2017 - 13h12 Entre os filmes, Guardiões da Galáxia Vol. 1 e Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo vão fazer a alegria de muita gente. Veja a lista: 1/2 Brooklyn Nine-Nine (Temporada 4) Teen Wolf (Temporada 6 – Parte 1) Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo Guardiões da Galáxia Vol. 1 As Meninas Superpoderosas (Temporada 1) Corações de Ferro 2/2 Altered Carbon (Temporada 1) 7/2 Sem Direto a Resgate 13/2 Riverdale (Temporada 1) Steve Jobs 16/2 Everything Sucks! (Temporada 1) 19/2 FullMetal Alchemist 27/2 A Garota Dinamarquesa

Capricho

21 filmes e séries que vão deixar a Netflix em fevereiro de 2018

CAPRICHO Dessa vez a lista dos filmes que vão deixar o catálogo da Netflix saiu cedo e, em fevereiro, muita coisa boa vai sair do serviço de streaming. Ganhadores do Oscar como O artista e O Lado Bom da Vida , e séries que amamos como Brilhante Victória , Sam & Cat e Freaks and Geeks vão dar adeus e já estamos como? Correndo pra maratonar! Ainda bem que ainda tem um finalzinho de férias, né? Veja também Famosos Riverdale já tem data para entrar no catálogo da Netflix 18 jan 2018 - 18h01 Famosos Bright 2 é confirmado pela Netflix; Will Smith segue no elenco 3 jan 2018 - 18h01 Famosos 12 filmes para assistir na Netflix de acordo com seu signo 31 dez 2017 - 13h12 Pra quem curte música, dois documenátios importantes (e emocionantes) também ficarão só até o começo de fevereiro: Amy , sobre a vida de Amy Winehouse, e Kurt Cobain: Montage of Heck , um dos melhores já feitos sobre a vida do vocalista do Nirvana. 1/2 17 outra vez 21 & Over A casa dos espíritos Amy De Volta para o Futuro Em seu lugar Era uma Vez na América Freaks and Geeks Hora de Aventura: Temporada 4 Histórias cruzadas Kurt Cobain: Montage of Heck O artista O Lado Bom da Vida Sexo, Rock e Confusão O lutador The Runaways – Garotas do Rock 8/2 Bob Esponja (50 episódios) Brilhante Victória (60 episódios) Os Suspeitos Sam & Cat: Temporada 1 Sanjay e Craig (40 episódios)

Capricho

Aposta da Globo em A Lei do Amor, Bianca Müller ganhará nova oportunidade em série

TV Foco Bianca Müller estará na série Assédio. (Foto: Divulgação/TV Globo) Bianca Müller fez sua estreia no horário nobre da Globo, em A Lei do Amor (2016), como um das apostas da emissora

O TV Foco

Daniel Rocha será protagonista de série sobre a vida do boxeador Popó

TV Foco Daniel Rocha viverá Popó em nova série. (Foto: Montagem/Divulgação) Após algumas indefinições, a série sobre a trajetória de Arcelino Popó Freitas, o Popó, vai mesmo sair do papel

O TV Foco

Louca Por Séries: apostas de vencedores do Globo de Ouro 2018

E chegamos a primeira premiação do ano! O Globo de Ouro 2018 acontece nessa noite de domingo, dia 7, e será transmitido pela TNT aqui no Brasil, a partir das 22h. É uma premiação que mistura TV e Cinema e costuma ser uma espécie de prévia para o Oscar e uma mini-imitação do Emmy do ano passado.. Reprodução

Capricho